MUSEU

DO QUAI BRANLY

VIAJAR POR QUATRO CONTINENTES ATRAVÉS DA ARTE ÉTNICA

Museu do quai branly

  • Um novo conceito arquitetônico: Jean Nouvel e a associação de simplicidade, transparência e natureza.
  • Uma viagem à América, África, Ásia e Oceânia – rituais e crenças, o simbolismo dos objetos: máscaras, estátuas, jóias...
O Museu do Quai Branly surgiu de um desejo tanto forte quanto controverso de apresentar, sob o mesmo teto, as artes e civilizações da África, Ásia, Oceânia e Américas, deslocando assim a fronteira entre arte exposta como tal e as civilizações e culturas como objeto de estudo . O Museu, inaugurado em 2006 em um novo prédio projetado pelo arquiteto Jean Nouvel, possui uma vasta coleção de 300.000 obras e objetos, entre os quais 3500 expostos permanentemente.
01

ROTEIRO 1: PASSEIO CLÁSSICO 2H

Viaje com seu guia por quatro continentes sem deixar Paris. Descubra uma vasta coleção de objetos de culto da vida quotidiana de povos e culturas distantes.

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO :

Terça-feira a domingo: 11h00 a 19h00
Noites até 21h00 quinta-feira, sexta-feira e sábado
Entrada às 09h30 possível para grupos (sob reserva)
Fechado dias 1° de maio e 25 de dezembro
Aberto segunda-feira às 10h00 ou às 14h00 para pessoas com deficiência (sob reserva)
Aberto segunda-feira, durante as férias escolares (exceto férias de verão)

SERVIÇOS :

Restaurantes
Acesso para pessoas com deficiência
Banheiros
Guarda-volumes
Livraria

Acesso direto, sem fila: reserva necessária para grupos (25 pessoas no máximo por guia)